Sobre mim

Meu nome é Iris, tenho 21 anos e sou autora dos livros Confissões on-line e Dividindo Mel. Sou estudante de Comunicação Social, trabalho com livros e adoro falar sobre música, literatura e comportamento.

Confissões on-line

Confissões on-line é meu segundo livro e será lançado em novembro de 2013. Saiba mais

Adicione no Skoob e Goodreads.

Agenda – 2014

Em 2014 farei eventos para lançar meu livro em várias cidades do Brasil. Os eventos abaixo já foram marcados, fique de olho para saber se sua cidade terá um evento.

22/03. Curitiba
Livrarias Curitiba - Shopping Palladium
Horário: 10h00 (Dez da manhã)

25/04. São Paulo
Saraiva - Paulista

10/05. Recife
Saraiva - Shopping Rio Mar

Quer um evento na sua cidade? Entre em contato com a @Generale_ED e peça evento na sua cidade!

Dividindo Mel

Dividindo Mel é meu primeiro livro e foi lançado em dezembro de 2011. Saiba mais.

Adicione no Skoob e Goodreads.

Instagram

Siga no instagram: @irisfigueiredo

Editora Companhia das Letras

A coisa terrível que aconteceu com Barnaby Brockett – John Boyne

John Boyne é um dos meus autores favoritos e, como sempre, ler um livro dele é como tirar os pés do chão e me entregar completamente a história que ele cria. Com esse, não foi diferente. Mais uma vez, o autor de O menino do pijama listrado dá voz a uma criança para contar uma história encantadora – daquelas que te deixam com um sorriso bobo depois da última página.

Barnaby Brockett nasceu numa família normal – normal até demais. Seus pais eram tão chatos e quadradões que não aceitavam nada que ultrapassasse o que eles consideravam normal. Não queriam chamar a atenção de ninguém, fazer nenhuma atividade que os destacasse. Eles gostavam de ser mais um na multidão. Mas tudo mudou quando o pequeno Barnaby nasceu – no meio da sua família normalíssima, algo não estava normal com a criança. Ele flutuava! Barnaby não conseguia simplesmente fincar os pés no chão. Continue lendo

A Elite – Kiera Cass

Essa resenha contém spoilers de A SELEÇÃO. A ELITE será lançado no Brasil 23 de abril.

Eu quero gritar! Kiera Cass, não acredito que você fez isso comigo. Cadê o próximo livro? CADÊ? CADÊ? Primeiro, vamos respirar e recapitular. Mas depois desse livro fica difícil, viu? Especialmente depois do final. Ai meu coração!

Eu estava muito ansiosa para ler A Elite. O livro ainda não saiu nem no Brasil nem nos Estados Unidos! O lançamento é dia 23 de abril, mas a Editora Seguinte cedeu uma prova para leitura. A Elite é sequência de A Seleção, então se você não leu o primeiro livro, evite essa resenha, pois ela contém spoilers – é impossível falar de uma sequência sem soltar unzinho sequer! Leia a resenha do primeiro livro. Continue lendo

A elegância do ouriço – Muriel Barbery

A elegância do ouriço foi o primeiro livro que li esse ano e rapidamente virou um dos melhores livros que já li na vida. Sério! O livro é fantástico, muito bem escrito, com personagens que encantam e completamente fora do convencional. Não é literatura jovem e a autora não usa palavras à toa. Não é um livro com linguagem simples, mas sim um daqueles que o autor não tem medo de fazer seu leitor consultar o dicionário. Mas é uma experiência única, meio filosófica e uma leitura que marca. É um desses livros que me fazem lembrar os motivos pelos quais gosto tanto de ler. Avisando já que não é o estilo de livro que geralmente recomendo no blog, continuo esse post. Mas uma coisa eu garanto: essa leitura é inesquecível.

A fórmula de Muriel Barbery, como já avisa a quarta-capa, é realmente meio esquisita. O cenário é um prédio tradicional em Paris, onde moram pessoas ricas, daquelas com dinheiro, classe e sobrenome. Duas narradoras muito diferentes tomam as rédeas da história para nos apresentar, com os seus olhos, o cotidiano dos moradores desse prédio.

Continue lendo

Uma garrafa no mar de Gaza – Valérie Zenatti

Há décadas, a faixa de Gaza é cenário de conflitos entre israelenses e palestinos. O romance de Valérie Zenatti, que foi adaptado para os cinemas, é ambientado nessa região. Os dois protagonistas dessa história cresceram, cada um, de um lado diferente da faixa de Gaza, vivendo realidades tão distintas.

Tal, a jovem que inicia essa história, nasceu e cresceu em Israel. Nasceu em Tel Aviv por acaso, mas passou toda sua vida em Jerusalém. Após um homem bomba explodir um café próximo a sua casa, Tal resolve escrever. Escreve tanto que decide que precisa compartilhar suas palavras com alguém, mas quem? Uma ideia – um tanto absurda – passa por sua cabeça: colocar a carta em uma garrafa e pedir que seu irmão, soldado, a abandone no mar de Gaza, para que alguém a encontre.

Quem encontra a garrafa não é exatamente do jeito que Tal espera. O jovem responde como Gazaman e manda e-mails ácidos e ressentidos para Tal. Mas talvez as respostas dele sejam exatamente o que ela precisa. Continue lendo

Nada é para sempre – Ali Cronin

Nada é para sempre é o primeiro livro da série Garota <3 Garoto, lançado no Brasil pela Seguinte. A autora, Ali Cronin, foi a responsável pelos livros inspirados na série de TV Skins. A série acompanha um grupo de amigos de Brighton (mesma cidade de Fazendo meu filme 2!) que estão no último ano do Ensino Médio.

Cass tem um namorado infiel a quem é superfiel. Ashley não é o tipo que leva relacionamentos – ou coisa alguma – a sério. Donna adora uma festa. Ollie é o cara que fica com praticamente todas as garotas. Jack pratica esportes, mas como a Inglaterra não é os Estados Unidos, não há um mar de garotas atrás dele por causa disso. Rich, mais um dos meninos do grupo, é o cara que todo mundo duvida que seja hetero, mas ninguém pergunta se ele é gay. Já Sarah, protagonista desse primeiro livro, é a menina que todo mundo implica por ser mega certinha – mas tudo que Sarah quer é o cara ideal.

Parece finalmente que ela o encontrou em uma viagem de férias a Espanha. Joe também mora na Inglaterra: bonito, mais velho, faz faculdade em Londres e ela se sente especial por que ele se interessa por ela. Mas depois de perder a virgindade e com o fim do verão, será que tudo terá esse gostinho de amor de férias?

Continue lendo

[TAG] 12 livros para ler em 2013

Vi essa tag em alguns canais sobre livros e resolvi responder também. Quem criou foi a Claudia, do A mulher que ama livros. Escolhi livros que tenho na estante há muito tempo e ainda não li. Tentei pegar uns que estão “mofando” há bastante tempo e tirar a poeira deles esse ano.

Eu estou cheia de vontade de fazer vídeos ultimamente! Depois que gravei, percebi que falei muito rápido nesse – e vocês reclamam quando eu falo rápido, ou seja, sempre! Prometo que no próximo vídeo eu falo mais devagar. Pra mim é superdifícil colocar freios na língua, pois sempre falei na velocidade da luz. “Depois do pulo” tem links para compra e para página do livro no Skoob, para quem quiser saber mais.

Continue lendo

Promoção de aniversário: Seguinte

YAY, o aniversário do blog está chegando! Dá para acreditar que dia 26 ele faz três anos? Para iniciar as comemorações, aí vai a primeira promoção de aniversário: em parceria com a Editora Seguinte o Literalmente Falando vai sortear 01 exemplar de A Seleção, da Kiera Cass, e 01 exemplar de Quem poderia ser a uma hora dessas?, do Lemony Snicket.

Para concorrer é só preencher o formulário do Rafflecopter depois do pulo. Para ter mais chances de ganhar, preencha os pontos extras do formulário. Não deixem de ler a política de sorteios do blog.

O  sorteio já rolou. Você pode conferir na própria widget do Rafflecopter quem foi o vencedor. Já entramos em contato por e-mail! Obrigado a todos que participaram. Continue lendo

Girl Heart Boy, o vlog

Geralmente não posto novidades no blog, mas resolvi postar sobre essa nova série que a Seguinte vai lançar aqui, Garota <3 Garoto, por um motivo especial.

A nova série promete falar sem pudores sobre a vida sexual adolescente. Debater como é a descoberta da sexualidade de um jeito mais próximo – ao contrário de muitos YA’s que até evitam falar muito de sexo. Nada de protagonistas que pareçam candidatas a Maria por aqui. Relacionamentos, garotos, amores e pegação de um jeito verdadeiro e mais direto.

O que pouca gente talvez saiba por aqui é que a série tem um vlog. Adoro quando os livros tem “auxílio” de outras mídias pra acrescentar coisas legais à experiência de leitura. Acho que esse é um dos motivos pelos quais estou mais curiosa para ler – e a capa brasileira é bem melhor que a original, que sequer tem o nome da autora.

Os vídeos ainda não estão legendados, tem que saber inglês pra acompanhar, mas já assisti o primeiro e quero ver os outros. Talvez em breve a Seguinte legende e os coloque disponível no site!

Continue lendo