Daily Archives: 14/06/2012

Três livros sobre… música

Eu adoro música e meus amigos geralmente dizem que sou uma jukebox ambulante, porque todas as palavras do mundo me lembram uma música (o problema é que meu cérebro não é dos mais seletivos, então nem sempre as músicas que lembro são realmente boas). E se tem uma coisa que eu gosto mais ainda são livros sobre música!
Infelizmente as músicas não tocam de verdade, mas quem se importa? A atmosfera musical que permeia alguns livros é simplesmente contagiante, impossível não ficar com vontade de montar uma banda ou aprender algum instrumento ou saber cantar após ler um livro sobre o tema. Ou é só comigo que isso acontece? Por que eu fico morrendo de vontade de fazer uma dessas coisas após ler um livro “musical”. Mas não tem jeito… Já tentei vários instrumentos e nenhum deles deu certo. Meu negócio é ler, então eu leio sobre o assunto!

Eu não podia deixar de colocar Sábado à Noite nessa listinha, porque ele acabou de ser relançado com a capa linda lá do topo do post (essa aqui do lado é da versão independente). SAN, como é carinhosamente chamado pelos fãs, é um livro sobre música, amor e amizade.
Acho que o legal de SAN é que ele surgiu como uma fanfic da banda McFly, então dá para saber mais ou menos como seria o estilo musical da banda Scotty, a banda que é a “estrela” desse livro. Toda vez que leio um livro sobre música, eu fico imaginando como é a tal música que os personagens tocam, e eu acabo dando um ritmo próprio a cada canção descrita no livro. E ah, eu não podia deixar de dizer que escrevi o prefácio da nova edição de Sábado à Noite – porque é muito legal participar do sonho de alguém que você gosta!

A Visita Cruel do Tempo é sobre o tempo, mas também é sobre música. Todos os personagens estão envolvidos com o mundo da música e acompanhamos os altos e baixos desse mundo através do tempo e dos personagens – de uma maneira meio louca, mas muito bem narrada.

Com certeza eu não ouviria o tipo de música que os personagens desse romance produzem, agenciam ou simplesmente escutam. Acho que não faz muito meu estilo musical… E também não me sentiria muito confortável vivendo no ambiente que eles  vivem – é muito luxo e pouco caráter. Mas como eu disse na resenha do livro, eu recomendo essa história. Ela é muito diferente de quase tudo que li.

A música que mudou minha vida é um dos meus livros “musicais” favoritos! Ele é leve, divertido e tem uma história ótima. A Audrey é uma personagem superlegal que deu o fora no namorado e ganhou uma música de dor-de-cotovelo. Mas só que a tal música que fala mal dela acabou estourando no país inteiro e, de uma hora para outra, ela é uma celebridade! Todo mundo a julga porque ela largou o namorado e é a vilã da história.

Acho que “Audrey, Wait!” (título original do livro, mas também da canção que o ex da Audrey faz para ela) é uma música que eu adoraria que existisse e um dos livros que melhor passam o clima de música, banda, shows… No fim das contas, a gente se pega inventando melodia para a música!

No twitter indicaram alguns livros sobre o assunto: Just Listen, João & Maria e Uma noite no chateau Marmont. Eu indico também Cante para eu dormir e os mangás de Nana. Qual seu livro musical favorito?

Quem somos

Iris e Olívia são profissionais da área de Comunicação e melhores amigas. Apaixonadas por cultura pop, resolveram se unir para reformular o Literalmente Falando.

 

Converse com elas no @irismfigueiredo e @oliviapilar.

Vídeos
 
Arquivo
June 2012
S M T W T F S
« May   Jul »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930