Daily Archives: 13/02/2012

Queria Tanto – Livia Brazil

Queria Tanto” é o diário de Alice Maria, uma jovem de vinte e poucos anos que mora sozinha em Santa Tereza, é cheia de amigos de verdade, trabalha como cenógrafa de uma companhia de teatro com pouquíssima grana e é apaixonada pelo Gabriel, que sente uma grande atração por ela, o que seria ma-ra-vi-lho-so… se ele não fosse gay.
Alice morre de medo de se machucar mais do que já se machucou em sua relação nada comum com Gabriel. Por isso, quando Rodrigo aparece, ela não sabe como lidar com seus sentimentos por ele e não quer se jogar nessa relação. Contando sempre com a ajuda de seus amigos, escrevendo todas as suas histórias em seu inseparável diário e com muito amor, Alice nos guia pela sua história e mostra tudo aquilo que ela queria tanto.

A narrativa da Livia Brazil é bem gostosa e repleta de humor. Por ser narrado em forma de diário, nós estamos em contato direto com os pensamentos e devaneios da Alice e, podem acreditar, ela devaneia bastante! E isso não é um ponto negativo, é apenas uma constatação. A Alice é uma comédia, bem doidinha. E apesar de ser muito diferente dela, consegui me identificar em vários aspectos, o que é muito bom. Eu acho que quando um livro é narrado em primeira pessoa, o que mais conta para que a experiência de leitura seja agradável é a identificação com o protagonista e seus dilemas, mesmo que esses dilemas não sejam aqueles que experimentamos.
A narrativa realmente possui o tom de diário, ao contrário de outros livros que se propõem a serem escritos nesse estilo e não são. Alice reescreve alguns diálogos, mas na maior parte do tempo ela vai contando como aconteceu e o que aconteceu de uma forma bem intimista. Além disso, ela alterna suas histórias presentes com desabafos e lembranças, tornando o livro mais verdadeiro.

O livro é bem curtinho e a leitura é ágil e simples. Eu gostei muito dos personagens, mas me perdi diversas vezes entre os inúmeros amigos de Alice. Acho que a apresentação deles foi muito rápida, não consegui formar uma imagem clara de quem era quem e me perdi bastante até me encontrar entre eles. O Bernardo e o Fausto foram os mais fáceis de reconhecer porque estavam em contato mais direto com Alice, mas os outros Se7e me confundiram um pouco. Demorei um tempinho para identificá-los e conseguir criar uma ligação com eles.

O Rodrigo é um fofo e as cenas dele com Alice são uma graça. Desde que ele apareceu pela primeira vez eu já “fui com a cara” dele. E, apesar dos amigos da Alice me confundirem um pouco, eu também gostei muito da forma como eles interagem com ela. Os conselhos, “broncas”, forma de falar, etc, são bem típicas de melhores amigos e me lembrei bastante do meu grupo de amigos.
O saldo final foi positivíssimo, gostei muito da forma como Livia Brazil escreve e fiquei morrendo de vontade de ver mais coisas dela por aí. Acho que todo mundo tem um pouco de Alice e “Queria Tanto” é um livro para se ler usando meias coloridas e de pernas para o ar, como a ilustração da capa demonstra. Leitura gostosa, rápida e ótima para espairecer.
Quem somos

Iris e Olívia são profissionais da área de Comunicação e melhores amigas. Apaixonadas por cultura pop, resolveram se unir para reformular o Literalmente Falando.

 

Converse com elas no @irismfigueiredo e @oliviapilar.

Vídeos
 
Assine

  Digite seu e-mail no campo abaixo para receber um aviso sempre que houver um novo post no blog!  

  Por FeedBurner

Arquivo
February 2012
S M T W T F S
« Jan   Mar »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
26272829  
Publicidade