Daily Archives: 11/02/2012

Literalmente Adaptado: A Bússola de Ouro

A Bússola de Ouro, ou (como eu, das antigas, gosto de falar) a Bússola Dourada foi indiscutivelmente uma das maiores decepções da minha infância, algo que me fez passar meses e meses em discussões apaixonadas no MSN e em expectativas altíssimas, para depois serem estraçalhadas com meia hora do filme, quando eu já estava quase dormindo na cadeira do cinema.
Ok, eu sei que isso soou extremamente parcial e dramático (mas foi assim mesmo), porém vou explicar melhor: acho que se pode dizer que A Bússola de Ouro foi uma das minhas primeiras imersões nesse mundo de adaptações literárias, quando eu tive a oportunidade de ler o livro (e me deslumbrar com ele) meses antes da estreia, divulgar o filme para todos os meus conhecidos e acompanhar cada notícia a respeito da produção, notícias essas que só fizeram aumentar cada vez mais as minhas expectativas naturalmente altas em relação ao filme.
Porque, convenhamos. Nicole Kidman, Daniel Craig, uma protagonista perfeita no papel, fotos e trailers que indicavam uma imensa fidelidade da história ao livro. Não tinha como dar errado, certo?
Na verdade, tinha.

A história do fracasso da recepção que esse filme teve é algo extremamente peculiar, principalmente se falando da relação desse filme com o livro. Acompanhando a divulgação do filme, dava para perceber que ele estava sendo ao mesmo tempo extremamente fiel ao livro e mantendo uma história grandiosa (cinematograficamente falando), com uma superprodução e efeitos especiais. E vendo o filme, eu percebi que na verdade ele estava fiel mesmo. O problema é que a impressão que eu tive foi que tentaram tanto deixar a história fiel ao livro que esqueceram de botar início, meio e fim no filme – sem contar nexo e explicações melhores. O resultado foi simples: ele ficou chato. E pior ainda, ficou extremamente confuso: ninguém, além de mim (que tinha lido o livro) saiu da sala de cinema entendendo alguma coisa da história do filme, o que rendeu várias piadinhas engraçadas envolvendo o Pó. E quem já leu essa saga sabe: o primeiro livro é só uma introdução para uma trilogia profundamente complexa e polêmica, com universos paralelos, almas em forma de animais e discussões acerca de Deus e da religião.
Como na época eu conhecia pouquíssimas pessoas que tinham lido o livro (na verdade, só uma – a Dayse, uma das colunistas), não sei dizer quais foram as reações dos outros fãs da saga. Mas o resultado desse filme foi bem claro: bilheteria fraca, críticas negativas, a maioria das pessoas dizendo que não tinha gostado do filme. E a falta de uma continuação nos cinemas…

Elena Bessa, 18 anos, estudante de Direito. Adora livros e diz que gosta de ler desde antes de ser alfabetizada,quando folheava gibis e ouvia os pais contarem histórias… É fangirl com orgulho e gosta de (ou precisa) estar constantemente viciada em alguma coisa, livro, saga, filme, ou seriado. Algum dos hobbies são se apaixonar por personagens fictícios e torcer por casais que não existem.

Twitter: @NenaBessa

Dividindo Mel em e-book!

Acho que todo mundo sabe que em dezembro publiquei meu primeiro livro, Dividindo Mel. Em menos de dois meses já tenho recebido uma resposta muito positiva e estou mega feliz com isso, mas a novidade é que a Editora Draco colocou o livro disponível na Amazon! Pode falar “uau” mil vezes por falta de uma onomatopeia melhor? Agora até mesmo os leitores do blog que moram em outro país e vinham perguntando como comprar o livro já podem garantir na versão para Kindle por apenas U$4,99! O livro foi disponibilizado hoje na Amazon e já tem gente comprando…
Quer garantir o seu? CLIQUE AQUI e compre direto para sua conta Kindle, sem frete e sem espera e por um precinho super camarada. Mas como faz quando não tem Kindle e quer comprar a versão digital do livro? A Amazon disponibiliza um aplicativo do Kindle para diversas plataformas, inclusive seu próprio computador desktop ou seu celular. CLICANDO AQUI você conhece os aplicativos da Kindle para várias plataformas e pode baixar gratuitamente aquele que se aplica à sua necessidade!
Estou super feliz com essa novidade, porque para mim o que interessa é que o maior número de pessoas conheça e leia meu livro – além de gostar e se identificar com a história, é claro. Acho que todo autor quer que sua história se propague feito “praga” e que todo mundo leia e fale sobre ela… Então, eu espero que mais gente possa ter acesso ao meu livro dessa forma!

Eu sou uma amante dos livros de papel, mas defendo sim o livro digital e acho que, se é para ser vendido, tem que ser em um precinho camarada, como a Draco está fazendo com meu livro e muitos outros do catálogo. Se interessou pelo meu livro? Leia o primeiro capítulo abaixo:

Mas como autora, é lógico que eu quero que vocês comprem o bom e velho livro de papel… E nem é porque eu sou “mãe-coruja”, mas o livro físico realmente está uma “lindeza”, chega a dar orgulho de pegar na mão e folhear. A Editora Draco caprichou bastante no projeto gráfico. Então se você é como eu e tem loucura por livros de papel, gosta de pegar na mão e cheirar as páginas, pode comprar o exemplar físico em livrarias.
Tem no site da Livraria Cultura, Travessa e Saraiva. Você também pode encomendar na loja física de uma dessas três livrarias, caso não encontre na loja. Não deixe de dar os dados certinhos ao seu vendedor: “Dividindo Mel, Iris Figueiredo, publicado pela Editora Draco”!
Então agora tem Dividindo Mel para todos os gostos e bolsos! Se você ler e gostar, não esquece de mandar um e-mail me contando o que achou. Eu adoro saber a opinião dos leitores.
Mas você ainda não sabe se deve comprar meu livro? Lá em cima eu deixei o primeiro capítulo, mas se isso não foi suficiente, abaixo tem o book trailer do livro, megafofo! E não deixe de adicionar ao Skoob e curtir a fanpage no Facebook!

Outra coisa que esqueci de contar é que na última semana eu saí na capa do Metro Jornal aqui do Rio de Janeiro! Fiquei superfeliz e queria agradecer muito ao Raphael Kapa, que fez a reportagem sobre jovens talentos da arte carioca. Fiquei honrada em figurar entre essa galera que manda superbem (e ainda posar na capa, no meu local preferido no Rio de Janeiro inteirinho: o Real Gabinete Português de Leitura). Para ler o jornal, CLIQUE AQUI (e gente, eu divido a capa com o Foo Fighters! YAY).

Resultado da promoção "Com Louvor"

Finalmente consegui postar o resultado dessa promoção em parceria com a Galera Record, que foi um sucesso! Muito obrigada a todos que participaram da promoção. O ganhador deve enviar o endereço até segunda-feira para literalmentefalando@live.com. Para ver o sorteio clique aqui.
E o vencedor foi…
Parabéns Cláudia! Não esqueça de enviar seu endereço completo para o e-mail literalmentefalando@live.com até segunda-feira!
Quem somos

Iris e Olívia são profissionais da área de Comunicação e melhores amigas. Apaixonadas por cultura pop, resolveram se unir para reformular o Literalmente Falando.

 

Converse com elas no @irismfigueiredo e @oliviapilar.

Vídeos
 
Arquivo
February 2012
S M T W T F S
« Jan   Mar »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
26272829