Sobre mim

Meu nome é Iris, tenho 21 anos e sou autora dos livros Confissões on-line e Dividindo Mel. Sou estudante de Comunicação Social, trabalho com livros e adoro falar sobre música, literatura e comportamento.

Confissões on-line

Confissões on-line é meu segundo livro e será lançado em novembro de 2013. Saiba mais

Adicione no Skoob e Goodreads.

Agenda – 2014

Em 2014 farei eventos para lançar meu livro em várias cidades do Brasil. Os eventos abaixo já foram marcados, fique de olho para saber se sua cidade terá um evento.

22/03. Curitiba
Livrarias Curitiba - Shopping Palladium
Horário: 10h00 (Dez da manhã)

25/04. São Paulo
Saraiva - Paulista

10/05. Recife
Saraiva - Shopping Rio Mar

Quer um evento na sua cidade? Entre em contato com a @Generale_ED e peça evento na sua cidade!

Dividindo Mel

Dividindo Mel é meu primeiro livro e foi lançado em dezembro de 2011. Saiba mais.

Adicione no Skoob e Goodreads.

Instagram

Siga no instagram: @irisfigueiredo

Arquivos: 02/09/2011

Emily Giffin no Rio de Janeiro

(não reparem, tinha acabado de voltar da faculdade)
E a autora de “O Noivo da Minha Melhor Amiga”, “Questões do Coração”, “Ame o que é Seu” e outros livros, já está em terras brasileiras. A primeira parada da Emily foi no Rio de Janeiro, onde ela participa da XV Bienal do Livro, que começou no dia de ontem.
Emily Giffin estará amanhã autografando no estande da Novo Conceito, mas ontem ela também fez uma noite de autógrafos em São Conrado. A noite de autógrafos de Emily na primeira Livaria Cultura do Rio, inaugurada antes de ontem no Fashion Mall, foi quase uma surpresa, pois a editora não divulgou muito. Descobri meio sem querer e posso dizer que a melhor decisão foi ir até lá depois da faculdade, pois foi  a melhor noite de autógrafos que já fui na vida! (É sério).

Emily Giffin é extremamente simpática, divertida e com um super senso de humor. Como tinha pouca gente, ela deu atenção para todo mundo. A vi sem querer enquanto filmava a frente da livraria para fazer uma montagem no vídeo e ela já veio falando comigo e me chamou para sentar com ela na cafeteria da livraria. As outras meninas vieram também e batemos um super papo, tiramos fotos e entrevistamos a Emily!
Depois, ela foi para a mesa de autógrafos e autografou meus quatro livros. Depois dos autógrafos, ela sentou em uma das poltronas da livraria e conversou com todo mundo, como uma rodinha de amigas. Emily filmou a gente diversas vezes e colocou tudo na página dela no facebook! Eu estava tão nervosa… Falei tu-do errado em inglês, mas pelo menos me fiz entender. Um dos amigos dela na época de escola mora no Brasil e foi até a livraria vê-la, e contou muitas histórias de Emily da época de escola – em português! Ela ficou desesperada, querendo saber o que falávamos sobre ela. Foi muito divertido!
Não reparem no meu inglês, pois eu estava muito muito muito nervosa! E eu provavelmente legendei algo errado, porque fiz isso quase duas da manhã! Mas é ótimo para vocês terem um gostinho de como foi o dia de ontem. PS: Eu também estou toda desmantelada, mas não se espera outra coisa de quem veio direto da faculdade.
Fiquem com as fotos e a entrevista com a Emily! O melhor é que a primeira entrevista em vídeo do blog é internacional!

Compre "O Livro dos Gatos" e ajude um animal!

A “merchan” de hoje é por uma boa causa. O autor Estevão Ribeiro estará lançando “O livro dos gatos” na Bienal do Livro. É um livro que fala sobre o relacionamento dos humanos com os animais, além de tratar sobre temas como abandono, adoção e outros assuntos “felinos“.
Mas a parte boa é que foram escolhidas duas ONGs, uma em São Paulo e outra no Rio de Janeiro, que a cada livro vendido irão receber 5% do preço de capa como doação para manterem o seu trabalho de auxílio a animais abandonados. Portanto, se você estiver passando pela Bienal, não deixe de conferir o livro e comprar! Assim, você ajuda um animal e de quebra, compra um livro!



Sinopse:

Cinco gatos.
Cinco histórias.
O destino de um mudando a vida de todos.

Em uma grande cidade, cinco felinos vivem suas vidas. Um é o bichinho de estimação de uma enfermeira, outra viva na casa de uma madame. A casa de ração desse bairro é o lar de outra gatinha, enquanto um gato que era branco mas ficou cinza vigia a oficina do borracheiro. Somente o gatuno ronda livre pelas ruas. Estão separados, mas o Destino faz com que se unam novamente para atender um último pedido.