Daily Archives: 29/06/2011

De Volta a Caixa de Desejos – Ana Cristina Melo

No ano passado, resenhei o livro “Caixa de Desejos“, romance de estreia da carioca Ana Cristina Melo. O primeiro volume nos mostrava a história de Marília aos onze anos, mas agora nossa protagonista cresceu e seus problemas também.
Marília, prestes a completar 18 anos, precisa lidar com problemas no namoro, uma nova paixão, briga dos pais em casa, problemas com as amigas e ainda a confusão do vestibular. Ufa! Para isso, ela precisa contar com sua caixa de desejos, presente de sua avó e que havia sido deixada um pouco de “lado” nos últimos tempos.
Com problemas quase comuns na vida de todos os adolescentes, mais uma vez Ana Cristina Melo trabalha a transição de uma fase para outra como tema central de seu livro. No anterior, Marília passava da infância para a adolescência, agora, da adolescência para a juventude – começando a encarar problemas de adultos.

A escrita de Ana Cristina é simples e deliciosa Tenho que parabenizar a autora, pois mesmo com o hiato de anos entre uma história e outra, a personalidade de Marília é mantida, mas com amadurecimento notável. Ponto para a autora! Ela também conseguiu focar não apenas nos conflitos da Marília, mas nos dos outros personagens que a cercam, mostrando também como isso afeta a personagem.
Gostei muito do desenrolar da história e as reclamações sobre ela são quase nulas. Só preciso comentar que algumas vezes a Marília narrava fatos aleatórios sobre sua vida que não mudavam muita coisa na história, mas pelo menos foi legal para conhecer melhor a personagem. Algumas vezes Marília parecia mais nova ou mais velha do que realmente era, mas isso não influencia em nada. Acho que tem mais a ver com amadurecimento e as situações que ela vivia.
Eu preciso dizer que adoro a irmã dela, Francine, e nesse livro está melhor ainda. Também conhecemos novos personagens, inclusive o fofo do Pedro, o misterioso Joca, o impulsivo Rafael, a doidinha da Rita… E muitos outros, como Joana, Karla e Thiago. E também tem a mãe da Francine, que é louca de pedra.
Ver como a autora explora esses sentimentos e transições típicos da idade é o máximo. Acho que todo mundo vai gostar, ainda mais em saber “exatamente” onde os personagens estão, a familiaridade com os lugares por onde eles passam por serem lugares onde você mesmo passeia. Adoro esse gosto carioca nas histórias.
Fiquei um pouco chateada que a capa dessa edição não combina com o primeiro volume do livro, mas isso é irrelevante. Para quem reclamou das poucas páginas no primeiro volume, esse livro tem mais de 200! A leitura é muito rápida e agradável. Quem não leu o primeiro, pode ler esse sem medo, mas é legal ler os dois para poder ter uma perspectiva diferente da vida da Marília.
Recomendo.
Quem somos

Iris e Olívia são profissionais da área de Comunicação e melhores amigas. Apaixonadas por cultura pop, resolveram se unir para reformular o Literalmente Falando.

 

Converse com elas no @irismfigueiredo e @oliviapilar.

Vídeos
 
Assine

  Digite seu e-mail no campo abaixo para receber um aviso sempre que houver um novo post no blog!  

  Por FeedBurner

Arquivo
June 2011
S M T W T F S
« May   Jul »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  
Publicidade