Sobre mim

Meu nome é Iris, tenho 21 anos e sou autora dos livros Confissões on-line e Dividindo Mel. Sou estudante de Comunicação Social, trabalho com livros e adoro falar sobre música, literatura e comportamento.

Confissões on-line

Confissões on-line é meu segundo livro e será lançado em novembro de 2013. Saiba mais

Adicione no Skoob e Goodreads.

Agenda – 2014

Em 2014 farei eventos para lançar meu livro em várias cidades do Brasil. Os eventos abaixo já foram marcados, fique de olho para saber se sua cidade terá um evento.

22/03. Curitiba
Livrarias Curitiba - Shopping Palladium
Horário: 10h00 (Dez da manhã)

25/04. São Paulo
Saraiva - Paulista

10/05. Recife
Saraiva - Shopping Rio Mar

Quer um evento na sua cidade? Entre em contato com a @Generale_ED e peça evento na sua cidade!

Dividindo Mel

Dividindo Mel é meu primeiro livro e foi lançado em dezembro de 2011. Saiba mais.

Adicione no Skoob e Goodreads.

Instagram

Siga no instagram: @irisfigueiredo

Arquivos: 29/06/2011

De Volta a Caixa de Desejos – Ana Cristina Melo

No ano passado, resenhei o livro “Caixa de Desejos“, romance de estreia da carioca Ana Cristina Melo. O primeiro volume nos mostrava a história de Marília aos onze anos, mas agora nossa protagonista cresceu e seus problemas também.
Marília, prestes a completar 18 anos, precisa lidar com problemas no namoro, uma nova paixão, briga dos pais em casa, problemas com as amigas e ainda a confusão do vestibular. Ufa! Para isso, ela precisa contar com sua caixa de desejos, presente de sua avó e que havia sido deixada um pouco de “lado” nos últimos tempos.
Com problemas quase comuns na vida de todos os adolescentes, mais uma vez Ana Cristina Melo trabalha a transição de uma fase para outra como tema central de seu livro. No anterior, Marília passava da infância para a adolescência, agora, da adolescência para a juventude – começando a encarar problemas de adultos.

A escrita de Ana Cristina é simples e deliciosa Tenho que parabenizar a autora, pois mesmo com o hiato de anos entre uma história e outra, a personalidade de Marília é mantida, mas com amadurecimento notável. Ponto para a autora! Ela também conseguiu focar não apenas nos conflitos da Marília, mas nos dos outros personagens que a cercam, mostrando também como isso afeta a personagem.
Gostei muito do desenrolar da história e as reclamações sobre ela são quase nulas. Só preciso comentar que algumas vezes a Marília narrava fatos aleatórios sobre sua vida que não mudavam muita coisa na história, mas pelo menos foi legal para conhecer melhor a personagem. Algumas vezes Marília parecia mais nova ou mais velha do que realmente era, mas isso não influencia em nada. Acho que tem mais a ver com amadurecimento e as situações que ela vivia.
Eu preciso dizer que adoro a irmã dela, Francine, e nesse livro está melhor ainda. Também conhecemos novos personagens, inclusive o fofo do Pedro, o misterioso Joca, o impulsivo Rafael, a doidinha da Rita… E muitos outros, como Joana, Karla e Thiago. E também tem a mãe da Francine, que é louca de pedra.
Ver como a autora explora esses sentimentos e transições típicos da idade é o máximo. Acho que todo mundo vai gostar, ainda mais em saber “exatamente” onde os personagens estão, a familiaridade com os lugares por onde eles passam por serem lugares onde você mesmo passeia. Adoro esse gosto carioca nas histórias.
Fiquei um pouco chateada que a capa dessa edição não combina com o primeiro volume do livro, mas isso é irrelevante. Para quem reclamou das poucas páginas no primeiro volume, esse livro tem mais de 200! A leitura é muito rápida e agradável. Quem não leu o primeiro, pode ler esse sem medo, mas é legal ler os dois para poder ter uma perspectiva diferente da vida da Marília.
Recomendo.