Sobre mim

Meu nome é Iris, tenho 21 anos e sou autora dos livros Confissões on-line e Dividindo Mel. Sou estudante de Comunicação Social, trabalho com livros e adoro falar sobre música, literatura e comportamento.

Confissões on-line

Confissões on-line é meu segundo livro e será lançado em novembro de 2013. Saiba mais

Adicione no Skoob e Goodreads.

Agenda – 2014

Em 2014 farei eventos para lançar meu livro em várias cidades do Brasil. Os eventos abaixo já foram marcados, fique de olho para saber se sua cidade terá um evento.

22/03. Curitiba
Livrarias Curitiba - Shopping Palladium
Horário: 10h00 (Dez da manhã)

25/04. São Paulo
Saraiva - Paulista

10/05. Recife
Saraiva - Shopping Rio Mar

Quer um evento na sua cidade? Entre em contato com a @Generale_ED e peça evento na sua cidade!

Dividindo Mel

Dividindo Mel é meu primeiro livro e foi lançado em dezembro de 2011. Saiba mais.

Adicione no Skoob e Goodreads.

Instagram

Siga no instagram: @irisfigueiredo

Arquivos: April 2011

O sonho de princesa e os livros que nos inspiram…

Fotos dignas de contos de fadas da Disney!
Um sonho de princesa com direito à carruagem e príncipe de verdade – só não sabemos se o Duque de Cambridge é realmente encantado. Catherine Middleton personificou o sonho de todas as meninas em seu casamento real com o príncipe William.

E o que isso tem a ver com livros? Todas nós sonhamos com nossos príncipes encantados em algum momento de nossas vidas. Mesmo que não sonhe com isso no presente, em algum momento você desejou protagonizar um conto de fadas. A atmosfera de sonho e encanto que cerca um casamento é enorme, ainda mais o desejo de ser a princesa na vida de alguém. Quem nunca leu ou assistiu algum conto de fadas e desejou tomar lugar da protagonista que atire a primeira pedra.
Por mais que a gente diga que não, os livros moldam nossa personalidade. Ver aquela horda de pessoas em volta da Abadia de Westminster e do Palácio de Buckingham só comprovou isso. Além de um evento para um país e para o mundo, todos os espectadores daquela cerimônia projetavam uma parte dos seus sonhos naquele casamento. Todo mundo tem uma imagem encantada da realeza.
Os livros não nos dão apenas uma imagem mágica dos príncipes e princesas… Com eles nós viajamos pra lugares que nunca imaginamos, sonhamos com coisas que não podemos, mas também nos tornamos “pés no chão”. Enxergamos problemas que nunca teríamos por perto através da ótica dos personagens, aprendemos a nos envolver e nos distanciar, a sonhar e a realizar. Com eles passamos a acreditar que o conto de fadas que vimos hoje na televisão pode acontecer com a gente – em proporções menores, é claro, já que o próximo casamento real será entre eu e Harry.
Cada história – desde os contos de fadas que escutamos quando crianças até os livros sérios que leremos até nossa morte – nos molda um pouquinho. Hoje, enxergamos uma parte desse sonho real e literário ganhar vida para Kate, mas devemos sempre correr atrás dos nossos sonhos. Você pode não ser a princesa da Inglaterra, mas pode ser a rainha do seu reino. É só correr atrás dos seus sonhos e ser protagonista do seu próprio livro – o gênero e estilo é por sua conta!
E aí você vive feliz para sempre…
Se você quer a cobertura do casamento de forma divertida – e cheia de gifs liiiindos do Harry (meu futuro esposo) – passa no NUPE!

Resultado da promoção "Crônicas dos Senhores de Castelo"

Desculpem pela demora em postar o resultado. Como sabem, o vencedor tem 5 dias para enviar um e-mail com endereço completo para literalmentefalando@live.com. Só validei as inscrições feitas até dia 24 de abril, conforme regulamento.

Parabéns Arissa!

Para quem não ganhou, fiquem de olho! O blog ainda tem promoções rolando.

O Efeito Facebook – David Kirkpatrick

“O Efeito Facebook” conta a história do Facebook desde sua criação. Sem muitas enrolações aqui: conhecemos a trajetória dessa empresa que começou nos alojamentos de arvard e hoje faz parte de quase todas as pessoas que estão conectadas à internet. Sou viciada em mídias sociais, apaixonada por internet, usuária ávida do Facebook e amo livros-reportagens. Era de se esperar que eu ficasse completamente presa ao livro, mas, infelizmente, não rolou.
O fato é que eu não tenho o que reclamar do livro: a narrativa é fluida, a forma como o autor aborda os fatos é agradável e ele trata não apenas da criação do Facebook, mas nos situa no cenário da internet na época de sua criação. Kirkpatrick chega a citar o Orkut em sua narrativa, compara o Facebook a algumas redes sociais e comenta sobre as polêmicas e processos envolvendo a empresa. Tudo de forma elaborada, mas sem ter uma linguagem maçante.

Eu realmente não sei porque desisti de ler o livro. O abandonei no meio, embora estivesse com vontade de ler mais. Mas minha leitura ficou muito “picotada” – por diversos problemas pessoais, comecei e abandonei o livro diversas vezes. Quando vi, não tinha mais pique para continuar a lê-lo e resolvi abandonar. Não foi problema do livro, que fique claro. Mas para o meu momento, foi cansativo. Odeio leituras picotadas e quando picoto demais a leitura por falta de tempo, acabo abandonando o livro. Perco o ritmo e a “gana” de lê-lo.
Pelo que li, é bem diferente de Bilionários por Acaso, mas o que não se pode negar é que cada um tem seus méritos. Bilionários deve ser lido antes, assim você cria a visão humanizada dos protagonistas dessa história. Logo depois, pegue O Efeito Facebook e conheça a história de forma mais técnica.
Um ponto muito positivo do livro é a qualidade do material: a capa é linda e laminada, além das fotos que vem no livro terem sido impressas em papel diferente, para ficarem mais nítidas.
Pretendo retornar a ler o livro em breve, do início e em um fôlego só. Quando fizer isso, venho aqui e comento com vocês. Por enquanto, abandonei pelos motivos que citei acima. Mas se estava com vontade de ler, não desista. Todo mundo que leu amou e eu provavelmente vou gostar quando pegar para ler de volta. Só que o momento não anda propício…

Capas: Chocolates

>É tempo de Páscoa. Tradicionalmente, para os cristãos, essa é a data em que se comemora a ressurreição de Jesus Cristo. É uma data tão importante para os cristãos e o povo ocidental que divide nosso calendário em a.C. (antes de Cristo) e d.C. (depois de Cristo).
Com o tempo, cultivou-se o hábito de presentear pessoas com ovos de páscoa e chocolate. Mas essa tradição remete ao paganismo, quando ovos de galinha eram trocados para celebrar a deusa da fertilidade, Ostera. Na Ucrânia, por exemplo, se trocavam ovos pintados com temas voltados à natureza para comemorar a chegada da primavera. Já os chineses trocavam ovos tingidos com beterraba para celebrarem as estações do ano.
O hábito dos ovos de chocolate surgiu na França. A imagem dos ovos foi apropriada para a cultura cristã em 325, no Concílio de Niceia, quando definiram a data mais aproximada da ressurreição de Cristo. Os ovos eram pintados com imagens religiosas, inclusive de Jesus.
Atualmente, não importa a religião ou nacionalidade. Diversas pessoas trocam chocolates e ovos de Páscoa nessa data. Então, para comemorar e dar água na boca, vamos conferir alguns livros “doces” e aparentemente deliciosos, com chocolates e derivados em suas capas? Caso queira conhecer melhor, é só clicar na capa.

Agora que eu fiquei com água na boca, vou sair e procurar uma barra de Talento!
Feliz Páscoa! Obrigado por acompanharem o “Literalmente Falando”. Comam muitos chocolates, mas não esqueçam de comemorar que Jesus morreu e ressuscitou por nós. Um abraço!

Mix #1

Sejamos sinceros: vocês me conhecem e sabem que provavelmente eu vou esquecer de postar isso na próxima semana… Mas vamos fazer de conta que me lembrarei? Provavelmente lembrarei disso quando tiver várias notícias ao mesmo tempo para postar, mas teoricamente é um post periódico com novidades, agendas e tudo que couber.
Capa de “Meu Amor é Um Anjo”:

Essa é especial! Meu primeiro texto a ser publicado é um conto na nova coletânea da editora Draco - a mesma que publicará meu livro. Hoje, a editora divulgou através do twitter a capa do livro, que é essa que vocês veem aí. Ele é o segundo livro da coleção “Amores Proibidos”.
Além de mim, o time conta com as autoras Anna Lizz, Eliana Martins, Flávia Cortês, Juliana Steffens, Eugênia Tabosa, Lídia Zuin, Andréia Szcypula e Larissa Naufel.
Estou especialmente feliz em estar na mesma coletânea que a Juh do Lost in Chick Lit, pois já a considero uma amiga por causa das relações que formamos por causa do blog! Espero que vocês gostem do meu conto, que se chama “Contagem Regressiva” e é bem diferente do estilo do meu livro.
Lançamento de “O Castelo das Águias”:

A autora Ana Lúcia Merege, que é aqui de Niterói e também é colega de editora, lança seu livro “O Castelo das Águias” no dia 26 de abril (terça-feira). Estarei lá pra garantir o meu e espero vocês. O evento será na Livraria Travessa do Ouvidor, a partir das 17 horas. Confira mais detalhes no convite:

“Literalmente Falando” no Facebook:

Você pode curtir agora a página do Literalmente Falando no Facebook! Basta CLICAR AQUI e depois apertar o botãozinho de “curtir”. Pretendo fazer promoções em breve via facebook.
Mostre para seus amigos que você visita e curte o blog, dá uma força lá.
Além disso, dá pra seguir o blog com uma conta no facebook. Na lateral, na caixa “Networked Blogs”, é só clicar em “Follow” e pronto. Assim, as atualizações do blog aparecem em seu feed de notícias do facebook e você pode saber toda vez que o blog for atualizado.

“Lonely Hearts Club” no Brasil

Essa eu vi no “Garota It” mas tive que compartilhar… A Intrínseca vai lançar o livro “Lonely Hearts Club” no dia 2 de maio. Fiquei apaixonada pelo livro e pela capa, já que a-m-o Beatles.

Sinopse: Penny Lane Bloom cansou de tentar, cansou de ser magoada e decidiu: homens são o inimigo. Exceto, claro, os únicos quatro caras que nunca decepcionam uma garota — John, Paul, George e Ringo.
E foi justamente nos Beatles que ela encontrou uma resposta à altura de sua indignação: Penny é fundadora e única afiliada do Lonely Hearts Club — o lugar certo para uma mulher que não precisa de namorados idiotas para ser feliz. Lá, ela sempre estará em primeiro lugar, e eles não são nem um pouco bem-vindos.
O clube, é claro, vira o centro das atenções na Escola McKinley. Penny, ao que tudo indica, não é a única aluna farta de ver as amigas mudarem completamente (quase sempre, para pior) só para agradar aos namorados, e de constatar que eles, na verdade, não estão nem aí.
Agora, todas querem fazer parte do Lonely Hearts Club, e Penny é idolatrada por dezenas de meninas que não querem enxergar um namorado nem a quilômetros de distância. Jamais. Seja quem for. Mas será, realmente, que nenhum carinha vale a pena?

Adorei as milhares de referências à uma de minhas bandas preferidas. Espero que eu ame a história e não me decepcione! Estou muito ansiosa por esse livro.

Por enquanto é só! Criei um blog pessoal, para postar novidades a respeito do meu livro, da antologia e todas as coisas mais “profissionais” da minha vida. Acompanhem para ficarem por dentro das novidades. CLIQUE AQUI e confira.

Uma Estranha Simetria – Audrey Niffenegger

Não se pode esperar algo comum de Audrey Niffenegger. A autora do best-seller “A Mulher do Viajante no Tempo” surpreende mais uma vez com uma história que transpõe barreiras naturais.
As irmãs Julia e Valentina são a segunda geração de gêmeas da família. As duas fazem praticamente tudo juntas. Embora já tenham vinte anos, costumam até mesmo vestirem-se da mesma forma. Uma é espelho da outra, literalmente.
Já a situação entre sua mãe (Edie) e sua tia (Elspeth) não é a mais tranquila. Elas não se falam há mais de vinte anos e são separadas por um oceano.
Quando Elspeth morre, deixa um testamento peculiar: as sobrinhas – que ela nunca viu – herdam seu apartamento, com a condição de morarem um ano em Londres e que Edie não entre na casa.
O apartamento fica em frente ao cemitério de Highgate. Como vizinho, elas tem Martin, que sofre de Transtorno Obsessivo Compulsivo e foi recentemente abandonado pela esposa, e Robert, que mantinha um relacionamento amoroso com Elspeth antes que ela falecesse.

Com um ritmo e narrativas bem diferentes do livro que a consagrou, Uma Estranha Simetria não deixa de ser belo. É sobre amor e também é sobre partidas, mas não do mesmo jeito que A Mulher do Viajante no Tempo.
A individualidade é algo que se perdeu no relacionamento de Valentina e Julia, coisa que provavelmente acontece com muitas irmãs gêmeas. Por serem tão parecidas fisicamente, as diferenças de personalidade foram deixadas de lado. Mesmo aos vinte anos, continuam usando as mesmas roupas e fazendo as mesmas coisas. Julia é controladora e Valentina apenas sacode a cabeça, concordando com as vontades da irmã. Como sabemos, esse tipo de comportamento nunca dá certo… Uma hora alguém cansa.
Audrey foi feliz em explorar as relações no livro, até mesmo entre os personagens secundários. Martin, por exemplo, ao mesmo tempo que se relaciona amigavelmente com Julia e tenta superar o TOC, mantém uma relação com Marijike, sua esposa, que é tratada de forma delicada e diferente no livro. O TOC é um transtorno que afeta não apenas a vida de quem o possui, mas também a dos que cercam os portadores, detalhe que foi muito bem tratado no livro.
Não imaginava que o livro fosse sobre fantasmas ao ler a sinopse pela primeira vez. Descobri depois. Elspeth, a fantasma da história, é uma caixinha de surpresas. Vamos descobrindo seus motivos aos poucos, sua história e o que a fez levar as gêmeas para morarem em sua casa. Embora seja ficcional, há um quê de realidade na sua existência. Não espere uma história parecida com as versões fantasmagóricas de livros para jovens-adultos.
A carga sexual pesada que há em “A Mulher do Viajante no Tempo” não é encontrada aqui. Audrey maneirou bem mais nas palavras, tornou o livro mais leve.
Apesar de ter entendido a explicação final, para mim soou um pouco confusa e acho que é meu único comentário negativo a respeito do livro. O desfecho é surpreendente, assim como em “A Mulher do Viajante no Tempo”. Todos os personagens possuem um destaque e algum grau de importância na história – nenhum deles está ali em vão.
O final pode não ser o mais feliz de todos, mas não deixa de ser excelente. “Uma Estranha Simetria” é leitura mais que obrigatória, mas eu não preciso engrossar esse coro. Afinal de contas, só o nome da autora já é uma grande recomendação.

O Retrato de Dorian Gray – Oscar Wilde

Dorian Gray é um rapaz belo e puro, um dos rostos mais bonitos de Londres. Logo encanta Basil Hallward, um conhecido pintor. A obra de Basil é linda, mas o próprio artista não é tão fascinante quanto seus quadros. Dorian posa para um retrato que acaba se tornando o mais bonito já pintado por Basil.
Quando Dorian observa a ele mesmo no quadro, cria noção do quanto é bonito e sente inveja de seu retrato, pois ele vai conservar a juventude para sempre, enquanto o próprio Dorian envelhece.
Lord Henry, amigo de Basil, também se encanta pela pureza de Dorian e começa a mostra-lo outros pontos de vista sobre a vida. Dorian fica fascinado com o mundo apresentado por Lord Henry, e a cada dia se afoga mais.
Então, o inesperado acontece: a medida que os dias passam e as coisas ruins ocorrem com Dorian, o retrato envelhece em seu lugar. E, enquanto isso, ele conserva seu rosto jovem.

Promoção "Destino"

Como seria se seu destino fosse controlado pela Sociedade e não pelas suas vontades? Ally Condie imaginou e escreveu sobre isso em seu livro “Destino” (confira resenha), super lançamento da Suma de Letras. Em parceria com a editora, o Literalmente Falando vai sortear um exemplar do livro para um sortudo. Quer saber mais? Continue lendo o post!
Regras:
- Ser residente no Brasil ou possuir endereço de entrega aqui;
- Ser seguidor do blog através do Google Friend Connect (se quiser seguir pelo Networked Blogs com sua conta no Facebook, ficarei muito feliz);
- Inscrever-se entre 18 de abril de 2011 e 18 de maio de 2011;
- Preencher todos os campos do formulário CLICANDO AQUI ou no final do post;
- O post com o ganhador será divulgado até três dias após o lançamento da promoção. Depois disso, o ganhador tem cinco dias para conferir se foi contemplado e enviar um e-mail para o endereço virtual literalmentefalando@live.com com nome completo e endereço para entrega do prêmio;
- Caso o ganhador não se manifeste em até cinco dias após a premiação, será realizado um novo sorteio;
- Para ganhar números extras, os participantes podem divulgar a seguinte mensagem via twitter a cada 12 horas: “Quero saber meu “Destino” com a ajuda do @litfalando e @livroDestino: http://bit.ly/cmCUHm”. Após twittarem, devem preencher mais uma vez o formulário, colocando o link do tweet no campo “Divulgação”. O processo deve ser repetido a cada nova divulgação;
- Twitters criados especificamente para divulgar promoções não serão aceitos e o participante será desclassificado;
- O sorteio será realizado através do site random.org, que gera números aleatórios através de seu sistema;
- Após a gerar o número, será conferido no formulário o participante equivalente ao número. Caso seus dados estejam corretos, ele será o vencedor;
- O nome do vencedor será postado em até três dias, juntamente com prints do sorteio e do formulário, validando a vitória.
- O vencedor receberá em sua casa um exemplar do livro “Destino”, enviado pela Editora Suma de Letras.