Monthly Archives: February 2010

1 2 3 7

Leituras do Mês – Fevereiro

Alguns meses são aqueles que eu gosto de menos. Fevereiro é um desses tais meses. Não gosto de fevereiro porque passa rápido demais, é um mês praticamente perdido, pois quase sempre é cortado pelo carnaval. E além de tudo, eu tenho que voltar as aulas!
E algo que não me agrada em fevereiro que é sempre o mês que eu leio menos. E agora que o laptop quebrou (obrigado, pai. Foi tentar inventar ideia agora ele não liga mais) meu ritmo diminuiu ainda mais. Mas mês que vem eu volto com a pilha toda – e as leituras todas também.
Enfim, eu fico super mal quando meu ritmo de leitura decai. Mas em um sentido geral, até que não foi tão ruim assim.

  1. Sorte ou Azar – Meg Cabot
  2. Airhead – Meg Cabot
  3. Mensagem para Meus Netos – Peter Vance
  4. Exclusivo – Kate Brian
  5. David Copperfield – Charles Dickens

O melhor livro do mês foi Airhead e Mensagem para Meus Netos. Não gostei nem desgostei de Sorte ou Azar. Agora, não gostei de Exclusivo. Acho que foi o pior do mês.

Relido:

  1. Wake – Lisa McMann: Não tinha livro novo e acabei pegando Wake na estante para reler.

Não-terminadas:

Esse mês foi vergonhoso! Peguei três livros para ler e não consegui terminar. Mas culpo totalmente meu notebook.

  1. Irmandade das Calças Viajantes – Ann Brashares
  2. Shopaholic Takes Manhattan – Sophie Kinsella
  3. Belezas Perigosas – Libba Bray

Em andamento:

  1. Crime e Castigo – Vol. 1 – Fiódor Dostoiévski

Enfim, eu tenho certeza que li mais um, mas eu não anotei, então esqueci qual foi.

Agora, por último, mas não menos importante, o resultado da enquete do autor do mês. Eu vou ser sincera e dizer que eu estava torcendo para o Rick ganhar da Richelle. Não por não gostar da Richelle – pelo contrário. Mas é que como em maio lança Spirit Bound (alguém me abana, se eu chorei com o capítulo 1 imagina com o livro todo?) eu tenho um plano completo para ela em maio. Então, não deixem de ficar ligadas.
E em maio o Rick também lança As Crônicas de Kane. Eu já estou juntando dinheiro, vai ser meu mês de falência.
Então, com 33 votos, o autor de março será Rick Riordan. E obrigado aos 111 votos na enquete.


E para quem visita, comentem. Porque em breve teremos uma surpresa no blog e quem já comenta vai ganhar bônus nessa surpresa. Fiquem de olho também. Beijos.

Um Amor de Detetive – Sarah Mason

Um Amor de Detetive
Autor: Sarah Mason (para saber mais sobre a autora, clique aqui).
Editora: Bertrand
Páginas: 336
Nota: 8.5

Outros livros da Autora: A Vida é Uma Festa, Alta Sociedade e Sea Fever (título não publicado no país).


Sinopse: Neste divertido romance de estréia de Sarah Mason, Um amor de detetive, os opostos se encontram e – como não poderia deixar de ser -, também se atraem. A bela Holly Colshannon é uma ambiciosa e desastrada jornalista da Bristol Gazette. James Sabine (apenas um pouco mais bonito que ela), é um sargento-detetive durão, grosseiro e ressentido. Levados pelo acaso , eles se encontram diversas vezes por conta de uma série de conicidências bastante oportunas. Rapidamente, a determinada Holly vê em James a grande chance de progredir em sua carreira e decide segui-lo por um período de seis semanas a fim de escrever uma coluna criminal, que poderá vir a ser o seu primeiro sucesso jornalístico. O lado positivo da situação é que ela consegue obter a tão sonhada coluna O lado negativo é que o bonitão não está nem um pouco feliz com a presença constante de Holly em sua vida.

Sabe aqueles livros que a gente começa a ler sem expectativas, mas então, depois que a gente termina, deve morder a língua? Um Amor de Detetive, de Sarah Mason, é assim. É um livro divertido e fofo ao mesmo tempo.
Holly trabalha como jornalista no Bristol Gazette, onde ela só escreve sobre funeral de animais – tudo muito produtivo e de grande interesse, como se percebe. É aí que o jornalista policial do jornal vai trabalhar em outra publicação e surge para a Holly a oportunidade de ocupar seu cargo. A única coisa que Holly deve fazer é ir até a delegacia diariamente e retirar de lá os resumos das ações policiais e publicar no jornal.
Mas então, a relações públicas da polícia sugere que Holly siga durante um mês o sargento detetive Sabine, que está de casamento marcado e cuidando de uma série de roubos a antiquários.
Holly enxerga então a oportunidade de fazer sua carreira decolar. Mas quando ela conhece o sargento-detetive, ela percebe que já tinha cruzado com ele antes… E vamos dizer que os santos não batem! E a partir daí o livro se desenrola de forma divertida e com várias tramas rodando em torno de uma mesma história.
O interessante dos livros da Sarah Mason é que não é apenas a história de Holly e James que são contadas. Nós conhecemos outros personagens lindos e divertidos, e uns que são de dar raiva. Destaque para Teresa Falsa-Santa, que é extremamente insuportável, e eu consegui descobrir o que ela estava fazendo bem antes da Holly descobrir. A Lizzie, melhor amiga de Holly, é totalmente divertida, e Vince, o fotográfo gay, nos faz soltar uma risada atrás da outra.
Para quem adora um bom chick-lit cheio de personagens fofos, com um romance divertido e com final feliz, eu super recomendo Um Amor de Detetive.

Onde Comprar?
Livraria Cultura: R$ 39,00
Livraria Saraiva: R$ 39,00
Estante Virtual: A partir de R$ 13,00
Fnac: R$ 33,15

1 2 3 7

Meu nome é Iris Figueiredo, tenho 21 anos e me formei em Comunicação Social pela UFRJ. Sou autora dos livros Confissões On-Line e Dividindo Mel. Além dos livros, também sou apaixonada por músicas, filmes e viagens. Esse é um espaço criado para compartilhar um pouco sobre tudo isso. Saiba mais.


Categorias populares
Confissões on-line

"Confissões on-line" é meu segundo livro e foi lançado em novembro de 2013. Saiba mais

Adicione no Skoob e Goodreads.

Dividindo Mel

"Dividindo Mel" é meu primeiro livro e foi lançado em dezembro de 2011. Saiba mais
Adicione no Skoob e Goodreads.